Análise Global de Lausanne

Novembro de 2013 • Volume 2│Edição 5

Mordomia E Justiça

Um Desafio Para Consumidores Cristãos

This is the Executive Summary. The full article is available in English.

Print Friendly, PDF & Email

As casas, os locais de trabalho, as lojas e os mercados ao nosso redor estão repletos de itens produzidos no mundo inteiro. Entretanto, não costumamos considerar os indivíduos por trás da produção daquilo que compramos. Pelo fato de nosso mundo ser global, temos uma oportunidade de cuidar de outros, além das fronteiras, mediante nossas compras do dia a dia, estando simplesmente atentos às condições de trabalho deles e adquirindo coisas que ajudem os que estão por trás de nossos produtos.

Por exemplo, com o aumento da demanda por produtos eletrônicos, como telefones celulares e computadores, nos últimos 15 anos, a necessidade de columbita, o mineral usado para produzir esses aparelhos, cresceu de maneira impressionante. No entanto, a maior mina de columbita fica no leste da República Democrática do Congo (RDC). Com a demanda de columbita tão alta, grupos de milicianos lutam há anos pelo controle desse recurso extremamente valioso.

Dar o dízimo de nossa renda a Deus é um jeito de expressar gratidão e reconhecimento de que tudo o que temos são bênçãos dele. Muitas vezes, porém, não levamos em consideração como gastamos os 90% restantes — coisa que também é uma questão de mordomia.

O Compromisso da Cidade do Cabo o expressa desta forma: “Apoiamos cristãos cujo chamado missionário específico é a defesa e a ação ambiental, bem como aqueles que se dedicam ao cumprimento divino do mandato de promover o bem estar humano e suprir suas necessidades pelo exercício responsável do domínio e da mordomia”.

Organizações como Trade as One e Food for the Hungry incentivam as pessoas a consumirem de tal maneira que estendam a compaixão além das fronteiras. Os seguidores de Jesus podem participar do trabalho de restauração mundo afora e da redenção da terra e do povo adquirindo coisas que buscam o bem dos outros em nível global.

Além disso, há atitudes práticas que os consumidores podem tomar para reduzir a demanda por columbita e ajudam a proteger o povo congolês contra sofrimentos desnecessários, como só comprar novos bens eletrônicos quando necessário e incentivar os grandes fabricantes de eletrônicos a serem vigilantes na aquisição de columbita.

Jesus é a esperança do mundo. Ele usa sua igreja para divulgar essa boa nova de vida e amor para toda a sua criação. Como sua Igreja, podemos participar do plano divino em favor da justiça num mundo injusto, simplesmente comprando produtos que levem em consideração as pessoas.

Print Friendly, PDF & Email

07 Nov 2013

Lausanne Global Analysis

,