Hoje menos que 2% dos judeus no mundo acreditam que Jesus é o Messias de Israel.A evangelização de judeus é uma parte essencial da evangelização mundial.Se Jesus não é o Messias de todos, então ele não seria o Messias.

Por diferentes razões, muitos cristãos hoje não vêm a necessidade da evangelização de judeus.Alguns acreditam que a igreja perdeu seu direito de proclamar o evangelho ao povo judeu por causa da história eclesiástica, especialmente durante o holocausto.

Outros interpretam a Bíblia dizendo que os judeus têm sua própria forma de chegar a Deus, portanto não precisam ouvir sobre Jesus ou acreditar nele como seu Messias e Salvador.

Há ainda outras pessoas que vêm a missão de Deus como algo que começou somente com Jesus e o Novo Testamento, e não enxergam que o Novo Testamento é a continuação e cumprimento do que Deus tem feito através da história de Israel e do povo judeu.

A Consulta de Lausanne sobre Evangelização de Judeus (LCJE), é uma rede temática do Movimento de Lausanne que busca juntar crentes judeus e não-judeus envolvidos no campo de evangelização de judeus para compartilharem informações e recursos para a formação de estratégias globais, para que mais judeus possam ouvir e considerar as boas novas de Jesus.

Afirmamos que enquanto o povo judeu tinha conhecimento das alianças e promessas de Deus, da mesma forma que Paulo descreve os gentios, eles ainda precisam se reconciliar com Deus através de Jesus o Messias.Segundo o apóstolo Paulo, não há diferença entre judeu e gentio no pecado; tampouco há diferença na salvação.Somente através da cruz que ambos podem ter acesso ao Pai através do Espírito. Compromisso da Cidade do Cabo II-B-1

Mais recursos estão disponíveis na versão em inglês desta página.

Print Friendly, PDF & Email