Acolhendo todas as vozes na América Latina

“Chegou o tempo de cantar”, e as vozes estão se juntando ao coral universal que anuncia a consumação do plano de Deus (Cânticos 2:12 e Apocalipse 19:5). Houve um tempo em que haviam poucas vozes… mas durante as últimas décadas, muitas vozes foram incorporadas, e novas vozes continuam a chegar, vindas dos lugares mais inesperados! A polifonia é rica, diversa e empolgante!

As vozes da América Latina, como as vozes de todas as regiões, foram convocadas pelo Grande Maestro. E não são vozes para solos. Elas vieram para se juntar e contribuir ao grande coral – composto de diversas vozes, cada uma com suas características únicas. É maravilhoso pensar que apesar de tão diferentes as vozes se complementam e a apresentação que resulta é memorável.

No entanto, o foco não é nas vozes, mas sim no Grande Maestro. Além de selecionar a canção, ele a rege, chama as vozes e as ensina a cantar. Ele faz com que as vozes cantem em harmonia total e gerencia o tempo, compasso e velocidade. Sim, há muitas vozes, mas o centro é sempre o Maestro.

Na minha opinião, o Movimento de Lausanne é parte do grande coral global que convida vozes a se juntar, vozes que nem sempre foram ouvidas. Neste coral há lugar para todos. Deus tem dado visão e compromisso com missões especialmente para a igreja da América Latina. Temos pessoas sendo chamadas e preparadas, temos afinidade cultural, capacidade de estabelecer relacionamentos e muita graça para estendermos. Vemos igrejas que estão dispostas a participar, igrejas com um coração pioneiro, sensíveis às pessoas, e comprometidas em ver o evangelho impactar todas as esferas. Acima de tudo, há um profundo amor por Deus, e é isso que mais importa. A igreja latino-americana tem muito a oferecer.

Da região latino-americana de Lausanne, estamos empolgados em ser parte, com todas as outras vozes, desta grande interpretação. Que possamos servir e cantar juntos, que o mundo todo ouça nossa canção. Chegou o tempo de cantar!

Daniel Bianchi

Diretor Regional do Movimento de Lausanne na América Latina

 

Print Friendly, PDF & Email